Leilão do Detran tem Honda CG 150 Titan ESD com lance inicial de R$870 e vários outras motos e carros aptos a rodar. Para participar, basta ler o artigo com calma e seguir as orientações que constam no artigo para dar seu lance e ter sua moto de leilão.

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS) realiza a partir de hoje (30) um leilão virtual de 436 motos que estavam apreendidas ou recolhidas pela instituição, em Campo Grande. Os lances podem ser feitos até o dia 14 de maio.

Como participar do leilão

Os interessados devem fazer o lance no site do leilão, já que a concorrência será exclusivamente pela internet. Quem quiser ver as motocicletas, podem conferir os lotes nos dias 08, 11 e 12 de maio.

Para isso é só ir no pátio do Detran-MS, que fica na Avenida Gury Marques, no bairro Cidade Morena, em Campo Grande. Esta visitação será permitida das 08h às 11h e das 13h30 às 16h30.

Nesta visita o interessado poderá fazer apenas a avaliação “visual” dos lotes, não podendo qualquer outro procedimento de manuseio, experimentação ou retirada de peças.

O Detran não se responsabiliza pelo estado de conservação das motocicletas. Para participar do leilão precisa preencher os requisitos previstos no edital. Todos os lotes, com o modelo e preço inicial fixado está disponível no Diário Oficial do Estado. Aqueles que arrematarem os veículos, precisar fazer o pagamento no prazo de 24 horas.

ATENÇÃO AOS SEGUINTES ITENS DO EDITAL

A) Pagamento: Em até 24 horas contados do primeiro dia útil após o leilão. Depósito do valor total arrematado e a comissão de 9,00% (nove por cento) devida ao Leiloeiro. (Itens 5.5 e 5.6 do Edital).

B) Débitos de responsabilidade do arrematante: IPVA proporcional, o licenciamento e o seguro obrigatório do ano corrente. (Item 6.3 do Edital).

C) É de responsabilidade do arrematante requerer e providenciar a transferência, junto ao órgão competente e as despesas para este fim, que deverá ser feito no prazo máximo de 30 dias contados da emissão da Nota de Arremate. (Item 6.4 do Edital).

IMPORTANTE: Nos casos da entrega do veículo ao arrematante, em que o veículo necessite de desembaraço cadastral (alguns débitos ainda não baixados), o leiloeiro emitirá a nota de arremate constando em campo de observação a necessidade de protocolar o pedido de desembaraço cadastral junto ao Detran-MS, para que o arrematante não pague a multa de recibo após 30 dias da emissão da Nota de Arremate.

D) Transferência dos bens de outras unidades federativas: o arrematante deverá requerer e protocolar, junto ao Detran-MS, em qualquer agência do órgão, vistoria prévia para a baixa dos débitos existentes, … (Item 6.4.1 do Edital).

E) Entrega e prazo para retirada dos bens: O bem será entregue em até 15 (quinze) dias úteis após a comprovação dos pagamentos mediante termo de liberação e o arrematante deverá retirá-lo em até 05 (cinco) dias úteis, a contar da data do início da entrega dos bens. (Itens 7 e 7.1 do Edital).

Leia também

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 18
  •  

Deixe um comentário

Deixe um comentário