Leilão de moto Harley Davidson no Detran com lance inicial de R$16.350 mil


Leilão de moto Harley Davidson no Detran com lance inicial de R$16.350 mil, serão 1289 veículos entre eles carros e motos  apreendidos por infrações de trânsito, sendo 282 veículos com direito a documentação para circular nas ruas. O leilão do Detran terá 1.289 carros e motocicletas apreendidos por infrações de trânsito. entre eles 282 veículos serão vendidos com direito a documentação, isto é, eles podem voltar a circular.

Leilão de moto Harley Davidson no Detran com lance inicial de R$16.350 mil

O leilão de moto Harley Davidson ocorrerá no Detran e será nesta quarta (14) e quinta-feira (15), 1.289 carros e motocicletas apreendidos por infrações de trânsito na cidade de São Paulo. Do total, 282 veículos serão vendidos com direito a documentação, isto é, eles podem voltar a circular.


O leilão dos veículos com documento ocorrerá apenas na quarta, de forma presencial e online, a partir das 9h, na Rua Brigadeiro Jordão, 297, no Ipiranga. Já é possível dar lances pelo site www.chuileiloes.com.br, leiloeiro responsável.

Os demais 1.007 veículos sem documentação serão destinados a desmonte para revenda das autopeças e reciclagem para reaproveitamento do metal. Nesses dois casos, eles só podem ser comprados por empresas do setor credenciadas pelo Detran-SP.
O número de lotes a serem leiloados está sujeito a alterações, pois os proprietários podem regularizar a situação de seus veículos e retirá-los do pátio antes da realização do evento

 Sobre a visita dos veículos leiloados

Os veículos podem ser vistos no pátio Sacomã (Rua Tocantínia, 149, Vila Liviero), nesta terça (13), das 9h às 12h e das 13h às 16h.

O leilão dos veículos com documento ocorrerá apenas na quarta, de forma presencial e online, a partir das 9h, na Rua Brigadeiro Jordão, 297, no Ipiranga. Já é possível dar lances pelo site www.chuileiloes.com.br, leiloeiro responsável.

O pagamento deve ser feito à vista. Após o arremate, os débitos ficam quitados e é necessário emitir novo documento para o veículo.
Os demais 1.007 veículos sem documentação serão destinados a desmonte para revenda das autopeças e reciclagem para reaproveitamento do metal. Nesses dois casos, eles só podem ser comprados por empresas do setor credenciadas pelo Detran-SP.

O número de lotes a serem leiloados está sujeito a alterações, pois os proprietários podem regularizar a situação de seus veículos e retirá-los do pátio antes da realização do evento.

Por que um veículo vai a leilão

Um veículo vai a leilão quando é apreendido por infração às leis de trânsito, como, por exemplo, falta de licenciamento, pode ir a leilão caso não seja reclamado por seu proprietário em até 60 dias, exceto os que têm pendência judicial, de acordo com a lei federal 13.160, de 2015.

Quando o veículo é destinado a leilão, o proprietário é notificado e tem prazo para reavê-lo. Caso não se pronuncie, ele é notificado por edital no Diário Oficial do Estado e no portal do Detran, dando novo prazo, após a quitação dos débitos existentes e das despesas com a remoção e estadia no pátio. Depois de todas as notificações, se não fizer a retirada, o veículo pode ser relacionado para leilão.

Leilão de moto Harley Davidson no Detran com lance inicial de R$16.350 mil
5 (100%) 3 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *