A partir da próxima terça-feira (1°) o Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) abre o primeiro de três leilões de motocicletas e automóveis apreendidos, recolhidos ou removidos durante fiscalizações. Ao todo serão ofertados 818 veículos.

De acordo com o coordenador de leilão do órgão, Túlio Brandão, os veículos foram divididos em lotes de sucatas e conservados.

“A única diferença entre os lotes é que os de circulação é aberto para todos os públicos e o de sucata aproveitável, somente para pessoas jurídicas”, explica.

Nesse primeiro leilão serão ofertadas 250 motocicletas e 21 automóveis. A visitação dos veículos poderá ser feita nos dias 10, 11 e 14 de dezembro no pátio localizado na Avenida Gury Marques, 7155, na Capital.

Já no dia seguinte, quarta-feira (2) terá início o leilão de sucata aproveitável com 400 motocicletas e 79 automóveis. Nesse caso a visitação aos lotes será nos dias 14 e 15 de dezembro, no mesmo local.

Por fim, quinta-feira (3), serão colocados em leilão veículos de circulação, apreendidos em Amambaí. Ficarão disponíveis para remate 59 motocicletas e 18 automóveis que terão a visitação autorizada nos dias 14 e 16 de dezembro no pátio localizado no Km 3 da MS-156.

Os lances serão exclusivamente online. Para os veículos de Campo Grande o interessado deve acessar o site do Canal de Leilões para participar. Já os veículos em Amambai a leiloeira responsável é a Leilões Online MS.

Leia também

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Aviso

O blog Motos de Leilão não organiza leilões, aqui apenas divulgamos os leilões que estão abertos pelo Brasil.

Não temos qualquer associação com qualquer leiloeiro no Brasil.

Por isso mesmo não entramos em contato com você para vender motos ou outros bens de leilão.

Fazemos apenas um trabalho de divulgação dos leilões que ocorrem pelo Brasil.

Tome cuidado com golpes em leilão, eles estão crescendo de maneira assustadora, por isso mesmo, antes de participar de um leilão, leia nosso artigo sobre o assunto, para evitar golpes clicando aqui.

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário